Busque o que voc� procura!
  • 002
  • 004
  • F1
  • x4

Febre reumática

febre-reumatica

A febre reumática é uma doença causada inicialmente por uma infecção bacteriana (estreptococo beta hemolítico do grupo A) na região das faringes e amigdalas. Quando não tratado esse quadro infeccioso, o organismo pode produzir uma resposta imunológica com intenção de atacar a bactéria, porém proteínas semelhantes as encontradas no estreptococos estão presentes em alguns órgãos como o coração, fazendo com que a reação imune agrida o próprio paciente, trazendo danos importantes. É importante lembrar que apenas 3% da população são predispostos a ocorrer esse quadro.

A doença pode apresentar manifestações neurológicas, causando um quadro chamado Coreia de Sydenham, porém os acometimentos mais frequentes são os articulares, causando artrite. Manifestações cutâneas também podem fazer parte da doença. A Cardite é a manifestação cardíaca da febre reumática, sendo considerada a mais temida devido a sequelas importantes. A cardite pode estar relacionada a um quadro agudo de miocardite (inflamação do musculo cardíaco), pericardite (inflamação da membrana que envolve o coração). Os folhetos das valvas cardíacas são acometidos, levando um quadro inicial que na maioria das vezes é assintomático e com o passar do tempo, pode apresentar uma lesão degenerativa grave, necessitando em alguns casos de tratamento cirúrgico.

O diagnóstico é feito através dos Critérios de Jones, onde o paciente é diagnosticado como Febre Reumática se apresentar critérios clínicos presentes. O tratamento é direcionado ao acometimento da doença. O quadro agudo de miocardite/ pericardite é realizado com corticoide. A atrite responde bem ao uso de anti-inflamatórios, dentre eles o naproxeno. As lesões crônicas valvares devem ser acompanhadas e podem necessitar de tratamento cirúrgico no futuro.

Todos os pacientes com diagnóstico de Febre Reumática devem receber o tratamento de penicilina benzatina (profilaxia secundária) a cada 21 dias, podendo ser até aos 18 anos, 40 anos ou a vida toda. Isso se deve a possibilidade do paciente apresentar novos episódios da doença e levar a cada vez mais sequelas cardiovasculares.

A febre reumática é uma doença que pode ser prevenida com o tratamento da infecção bacteriana quando o paciente está com o quadro inicial da faringoamigdalite, por isso a importância da informação sobre essa doença para o público. “A prevenção é o melhor remédio”.

Associado

022

maps