Busque o que você procura!
  • 01
  • 002
  • 004

Dislipidemia conheça

dis

Dislipidemia (Colesterol ou triglicerídeos elevados)
Dislipidemia é caracterizado pelo aumento dos níveis de lipídeos (gorduras) ou lipoproteínas no sangue. Ela pode ser decorrente do aumento do colesterol (hipercolesterolemia), dos trigicerídeos ou de ambos (hiperlipidemia mista).

Já está bem estabelecido o aumento do risco de Doença arterial coronariana (Ex: Infarto do miocárdio) com a dislipidemia, principalmente relacionado aos níveis do LDL (Lipoproteína de baixa densidade conhecida como “colesterol ruim”).

As dislipidemias são classificadas em Primárias e Secundárias:
Primárias – são aquelas nas quais o distúrbio é de origem genética;
Secundária – Decorrente do estilo de vida inadequado (ex: alimentação, alcoolismo) ou causada por doença ou medicamento.

Diagnóstico
O diagnóstico se baseia através da dosagem laboratorial do perfil lipídico, basicamente compreendido pela determinação do Colesterol Total, HDL, triglicerídeos e LDL.

Tratamento
O objetivo do tratamento é evitar as complicações dela decorrente, principalmente a ateroesclerose em qualquer território arterial (Podendo causar Infarto, AVC). O tratamento é realizado por mudança do estilo de vida e tratamento medicamentoso. A mudança do estilo de vida constitue por interrupção do tabagismo, atividade física regular e consumo alimentar adequado. Com relação ao tratamento medicamentoso, existem medicamentos que tem ação predominante no colesterol e outros que agem sobretudo nos trigicerídeos.

Conclusão
Em caso de constatação de colesterol elevado ou trigicerideos, é importante avaliação cardiológica para investigação de outras doenças associadas e para tratamento da dislipidemia, visto que o não tratamento podem acarretar em complicações cardiovasculares importantes no futuro.

Bibliografia utilizada
1 - Paola AAV, Barbosa MM, Guimarães JI. Cardiologia - Livro texto da Sociedade Brasileira de Cardiologia; São Paulo: Manole; 2012. p 584-647

Associado

022

maps